O estudante é protagonista e o mestre é mediador

Esquerda
 

A Plataforma 2018: Brasil do Amanhã realizou na segunda-feira dia 15 de outubro, Dia dos Professores, um debate sobre Educação, no auditório do Museu do Amanhã, das 18h às 21h.

Na ocasião, João Raphael Ramos dos Santos, sociólogo e professor da escola da Fundação Roberto Marinho, defendeu a revisão do papel do professor e do aluno no processo de ensino e aprendizagem: o estudante vira protagonista e o mestre, um mediador.

Ele afirmou que precisamos pensar a Educação como formação de humanidade, de seres humanos. Neste processo, o professor deve ser um mediador, e não o detentor do conhecimento a ser adquirido pelo aluno. Ele também pode aprender com seus estudantes. Já o aluno deve ser – e sentir que é – o protagonista do seu processo de aprendizagem.

"Quando o aluno se reconhece no conteúdo que está sendo abordado, o processo de aprendizagem tende a ser muito mais potente", refletiu.

O aluno como protagonista do ensino

2018: Brasil do Amanhã - João Raphael dos Santos